7 MANEIRAS DE VOLTAR A AMAR O SEU EMPREGO AGORA!





Quem nunca se pegou questionando o próprio emprego? Ou até mesmo a própria profissão?!

NOSSOS EMPREGOS SÃO RELACIONAMENTOS COMO QUAISQUER OUTROS. Existe o momento de paixão, existem momentos mais monótonos, existem momentos em que nada faz sentido. Muitas vezes a relação até acaba porque uma das partes chegou a conclusão de que já não fazia mais tanto sentido.

SE VOCÊ SE SENTE DESMOTIVADO COM SEU EMPREGO, SAIBA QUE ISTO É NORMALAcontece. O importante é o que você faz a partir deste ponto. Terminar (ou no caso pedir demissão) é muitas vezes a saída mais fácil.






Mas para que você lide bem com esta decisão, É SEMPRE VÁLIDO UM ESFORÇO DE VOLTAR A FAZER AS COISAS DAREM CERTO. Voltar a acender a "chama da paixão" deste relacionamento que sustenta você e, em alguns casos, sua família.

É FÁCIL CULPAR O EMPREGO, SEU CHEFE OU A CULTURA DA EMPRESA. MAS ISTO NÃO VAI RESOLVER O SEU PROBLEMA.

Por isso, preparamos 07 DICAS SIMPLES E PRÁTICAS DE COMO LIDAR COM OS MOMENTOS DE DESENCANTO COM O PRÓPRIO EMPREGO E VOLTAR A SE APAIXONAR POR AQUILO QUE VOCÊ ESCOLHEU FAZER (caso não dê certo, pelo menos você sai com a consciência tranquila de que fez o seu melhor):


1. DESCUBRA O SEU POR QUÊ!



Comece do começo. TENTE SE LEMBRAR DOS MOTIVOS PELOS QUAIS VOCÊ ACEITOU ESTE EMPREGO. Lembre do que te motivava quando tudo era só paixão. Mais do que isso: O QUE VOCÊ FAZIA DE DIFERENTE QUANDO TUDO ERA LINDO?!

Este exercício é importante para que você adquira consciência. VOCÊ PRECISA ESTAR CONSCIENTE COM RELAÇÃO AO QUE ACONTECEU NESTE TEMPO PARA QUE A FORMA PELA QUAL VOCÊ ENXERGA O SEU EMPREGO TENHA MUDADO.

Você tem novos objetivos? 
A empresa mudou consideravelmente neste período?


2. FAÇA A SUA PARTE!


"SEU EMPREGO NÃO TE DEFINE, MAS COMO VOCÊ O FAZ, SIM". Você quer ser a pessoa que não fez a sua parte? O que fez mal feito? Quer deixar uma má impressão? Quer conviver pra sempre com isso?

Pode até ser que nada do que você faça seja suficiente para um chefe incompreensível. A questão aqui é como você se sente com relação ao seu desempenho e esforço.

Vai te fazer eternamente bem se você sentir que fez sua parte, que fez o seu melhor. Se o reconhecimento não vier agora, ao menos te dará base para buscar reconhecimento em uma situação ainda melhor.

Isto vale para como você se relaciona com seus colegas. Não seja o pessimista, o "que fala mal". LEVE SEMPRE SUA MELHOR ENERGIA E OPTE SEMPRE POR FAZER O SEU MELHOR PARA BUSCAR UMA SOLUÇÃO PARA OS PROBLEMAS DA EQUIPE E DA EMPRESA.


3. ORGANIZE-SE!





QUANDO NOS DESMOTIVAMOS com qualquer coisa, acabamos empregando naquilo menos energia do que era necessário. Isto significa que um ACÚMULO DE TAREFAS, E-MAILS, PLANILHAS, RELATÓRIOS, ETC.

Só de pensar no que está para trás, você já perde aquele ânimo que acumulou no final de semana. Já percebeu isso?

Aceite. Não enfrente. Respire fundo e comece a fazer. EMPREGUE UM POUCO MAIS DE ENERGIA. FOQUE UM POUCO MAIS. PULE UM CAFÉ, DEIXE DE VER O CELULAR. POR UM TEMPO, SÓ FAÇA. TIRE DA FRENTE.

Quando tudo estiver dentro do cronograma, vai ser muito mais fácil se organizar e ter bons sentimentos com relação ao seu emprego.


4. FIQUE PRÓXIMO DAS PESSOAS QUE VOCÊ GOSTA!




Em todo emprego, temos aquelas pessoas que nos identificamos mais e aquelas com as quais não nos identificamos tanto (ou nem um pouco). Se a sua situação for de emergência, tome uma atitude e SE AFASTE DAS PESSOAS QUE NÃO GOSTA.

Assuma este "risco social". Não aceite aquele convite para almoçar com o "pessoal da firma" que não te faz bem, não troque pequenas conversas no café. Ao mesmo tempo, GASTE UM TEMPO COM QUEM TE MOTIVA, com quem te inspira ou simplesmente com quem te acalma e te mantém positivo.


5. COLOQUE LIMITES!

Muitas vezes limites geram sanidade. NÃO SE INTIMIDE EM SER UM POUCO MAIS EGOÍSTA. Durante o trabalho, CONCENTRE-SE MAIS NAS SUAS TAREFAS DO QUE EM ALGUMAS INTERAÇÕES. Isto vai te permitir criar limites também com relação ao que você faz fora do escritório.

Deixe de ler e-mails em casa, não fale do trabalho fora do expediente. CRIE MOMENTOS DE DESCONEXÃO TOTAL. Afaste assuntos e pensamentos durante um tempo e sua mente vai naturalmente voltar ao seu estado de calma e paz.



6. APROVEITE SEU TEMPO LIVRE!




Como conseqüência do item anterior, APROVEITE SEU TEMPO LIVRE PARA FAZER AQUILO QUE VOCÊ REALMENTE AMA COM AS PESSOAS QUE REALMENTE IMPORTAM PRA VOCÊ.

Não gaste seu final de semana enfurnado em frente à televisão e nem remoendo os pontos negativos do seu trabalho. Faça um bate e volta pra praia, corra no parque, passe um tempo de qualidade com sua família, tome um bom vinho e tenha ótimas conversas, dedique um tempo para fazer amor, leia um livro que não tenha qualquer relação com o lado profissional.

Desligue-se, recarregue-se. PERMITA-SE ENTENDER QUE A VIDA VAI MUITO ALÉM DO QUE ACONTECE DAS "9 ÀS 18".


7. MONTE UM PLANO!




Ok, você se reorganizou, relembrou a importância de fazer o que faz, afastou-se de quem não te faz bem, aproveitou melhor os seus momentos livres. Seus dias estão melhores, você está mais satisfeito, mas isto não significa que você esteja preso!

COM A CONSCIÊNCIA TRANQUILA E DE FORMA BEM CONSCIENTE, TRACE UMA ESTRATÉGIA DE SAÍDA. Pesquise uma empresa que tenha uma cultura diferente, converse com amigos do mercado, pense naquela ideia de negócio que sempre fez teu coração bater mais forte.

SAIA, MAS SAIA POR CIMA. SAIA COM SEGURANÇA, COM AUTO ESTIMA.

Nós acreditamos em viver uma vida com qualidade. Acreditamos no equilíbrio, mas sabemos que nossas profissões tomam a maior parte do nosso tempo. Nem por isso temos de aceitar sempre os caminhos que nossas vidas tomaram.

SEMPRE HÁ ESPAÇO PARA MUDANÇA, MAS NÃO PARA DESESPERO. COM CALMA, EQUILÍBRIO E CONSCIÊNCIA PODEMOS GUIAR O NOSSO CAMINHO E CONSTRUIR A VIDA DOS NOSSOS SONHOS


Compartilhar no Google Plus

Sobre Unknown

0 comentários:

Popular Posts

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...