INSPIRE-SE: ENTREVISTA COM SANDRO OTTOBONI! Engenheiro, Ironman e campeão!


A inspiração desta semana é uma pessoa muito especial: @sfottoboni (Sandro Ottoboni). Não apenas por fazermos parte da mesma equipe @outdoorassessoria , mas porque, além de um grande atleta e profissional, sandro é uma pessoa do bem.

Podemos contar uma história?! Em janeiro deste ano, aconteceu uma prova de triathlon aqui em @riopreto. Na entrada para a reta final, o atleta que estava em 2º lugar errou o caminho e foi em uma direção a área de transição ao invés da direção da chegada. Nisso, o Sandro acabou passando ele, mas, ao observar o que havia acontecido, diminuiu o ritmo e permitiu que o outro atleta recuperasse a sua posição de direito.

Resumindo: mesmo em uma briga acirrada pelas primeiras posições, Sandro manteve a sua ética acima do seu orgulho.

Temos muita admiração por este atleta que além de vários títulos de triathlon, ainda faz uma maratona em 2h 45min (tá bom ou quer mais!?).

Ah, só pra não nos esquecermos do tema desta coluna: ele ainda trabalha mais de 40 horas por semana representando a direção de uma importante empresa nacional, ok?!



***

1. QUAL A SUA PROFISSÃO? HÁ QUANTO TEMPO ESTÁ NO MERCADO? QUAL SUA CARGA HORÁRIA SEMANAL?

Sou engenheiro eletricista (sim, o termo correto é este), formado há 12 anos – todos eles dedicados a uma única empresa – e com carga horária de 44 horas semanais.

2. QUAL(IS) ESPORTE(S) PRATICA? HÁ QUANTO TEMPO? 

Tenho um longo histórico esportivo, no qual pratiquei natação por mais de 10 anos, até entrar na faculdade. Nesta época a (culpada da) falta de tempo me afastou dos esportes por alguns anos. Passada  a fase turbulenta, voltei a nadar e comecei a correr. Hoje (desde 2012), pratico triathlon (natação + bike + corrida).



3. QUAL A FREQUÊNCIA DE TREINAMENTO?

Treino todos os dias da semana, intercalando as modalidades, além da musculação para fortalecimento. Desta forma, a média são dois treinos por dia.

4. DISPUTA COMPETIÇÕES? QUAIS TIPOS?

O foco são provas de triathlon, como o Ironman, provas de longa distância e triathlon olímpico. Também participo frequentemente de maratonas e meias maratonas, além de provas mais curtas que acontecem na cidade (São José do Rio Preto – SP).

5. QUAIS AS SUAS MAIORES CONQUISTAS NO ESPORTE (NÃO PRECISAM SER TROFÉUS OU TÍTULOS)?

Um grande feito que deve ser relatado é completar o Ironman (3,8Km de natação + 180Km de ciclismo + 42Km de corrida), prova que fiz em 2014 e repetirei a dose neste ano. Além disso, já fui campeão (na minha categoria) no triathlon long distance de Pirassununga, e no Internacional de Santos, provas tradicionais do calendário da modalidade. Ainda, tenho uma maratona em 2h45’ (40º colocado geral) em Santiago (Chile), e a 8ª colocação geral na Mizuno Uphill Marathon, considerada a maratona de asfalto mais difícil do Brasil (uma maratona em subida, na Serra do Rio do Rastro em Santa Catarina).



6. QUAIS AS SUAS MAIORES CONQUISTAS PROFISSIONAIS?!

Nos dias de hoje, e pertencente a uma geração (Y) imediatista, julgo uma grande conquista trabalhar na mesma empresa desde que me formei. Na verdade fui estagiário na empresa, daí a engenheiro, supervisor, coordenador. Hoje represento a direção da empresa e sou responsável pelo sistema da qualidade, gestão de projetos, pesquisa e laboratórios. Desta forma, acho uma grande conquista sair de estagiário para atingir o meu cargo atual.

7. COMO VOCÊ CONCILIA ESPORTES E PROFISSÃO?

Não diria que é muito fácil. Apesar de ter um horário basicamente fixo, meu cargo implica, muitas vezes, em reuniões, projetos e afazeres fora do horário padrão da empresa. Facilita muito já fazer a musculação logo cedo, antes de trabalhar, o que deixa normalmente apenas uma modalidade para o final do dia. Mas a regra básica é: gestão do tempo! Sobrou meia hora durante o almoço? Natação. O trabalho foi até mais tarde? Pedal no rolo em casa. O triathleta é, pela demanda das três modalidades, antes de tudo, um ótimo gestor do tempo – sempre é possível encaixar uma atividade, e perder tempo não é algo que gostamos.

8. DE ACORDO COM A SUA EXPERIÊNCIA, QUAIS HÁBITOS SÃO FUNDAMENTAIS PARA CONCILIAR ESPORTES E PROFISSÃO?!

A resposta é exatamente esta: hábito! Começar uma atividade física é complicado: a primeira semana ainda é tudo empolgação, mas depois começam as desculpas e aquilo vai ficando de lado. O hábito é fundamental. Sou apaixonado por esportes, e pelo bem que isso me proporciona. Assim, é necessário transformar esta vontade inicial em hábito. Uma semana, duas, três. Diversas vezes, às 5 da manhã quando o despertador toca, tenho vontade de continuar dormindo, mas tenho em mente o que quero, e levanto pra começar o dia. Isso tudo são, na verdade, prioridades de hábitos.

9. NA SUA OPINIÃO, COMO PRATICAR ESPORTES IMPACTA NO SEU DESEMPENHO PROFISSIONAL?

Praticar esportes gera, sem dúvidas, um corpo mais ativo. Mas a mente também se beneficia de todo o fluxo sanguíneo a mais gerado pela prática esportiva. Não ousaria falar da parte fisiológica envolvida em todo o processo mas, na prática, é notável que os praticantes de exercícios são mais dispostos nas tarefas do trabalho.



10. QUAIS CONSELHOS VOCÊ DARIA PARA QUEM TEM DIFICULDADE DE CONCILIAR TREINO E TRABALHO (UTILIZANDO-SE, EM GERAL, DOS ARGUMENTOS DE "NÃO TENHO TEMPO", "NÃO TENHO COMO")?

Ainda acredito que o fundamental seja o “querer”. Não adianta ter tempo, possibilidades, etc., se a pessoa não quiser realmente treinar. Somente à partir deste desejo que as pessoas passam a arrumar tempo e, posteriormente, transformar isso tudo em hábito. Ainda assim vale ressaltar que as pessoas devem começar a pensar com mais carinho no tempo delas, e verão que é possível otimiza-lo.

11. COMO VOCÊ FAZ PARA "DESCONECTAR" A SUA MENTE DO TRABALHO E PODER FOCAR NO TREINO (DURANTE O TREINO)? 

Normalmente acho relativamente fácil! Sair do trabalho, deixar os problemas, e só reencontra-los no dia seguinte. Na verdade acho que os treinos até ajudam a fazer esta desconexão. Por treinar em um nível relativamente alto, devo também estar focado para que possa render o necessário. Alguns dias isso é um pouco complicado, e a cabeça fica martelando aquele probleminha (problemão, na verdade) do trabalho. Mas procuro respirar fundo e lembrar que, se não estou na empresa, dificilmente eu teria a solução para a situação.

Autor da Foto: Fábio Bergamo


12. QUAL A IMPORTÂNCIA DO ESPORTE NA SUA VIDA?

Sempre tive o esporte como algo constante em minha vida. A natação foi levada à sério, assim como o triathlon é hoje em dia. Bicicleta era meio de locomoção, fazia trilhas, um futebol com os amigos era rotineiro. Assim, não imagino minha vida sem praticar esporte – desde uma boa saúde e condicionamento físico, até aspectos sociais e grandes amizades. Costumo dizer que baseio minha vida em 3 pilares: família, trabalho e esporte: e a ideia é manter todos em alto nível.



Curtiu este artigo?!

Que tal dar uma forcinha e nos ajudar a espalhar nossas mensagens e nosso projeto?! Precisamos de vocês! Curte, compartilha, mostra para os amigos, critique, elogie, faça parte!

E para ficar cada vez mais próximo do Equilíbrio Urbano, segue a gente nas redes sociais:



 SNAPCHAT: EQUILIBRIOURB
Compartilhar no Google Plus

Sobre Mariana Maria

0 comentários:

Popular Posts

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...