COMO SER UM TRIATLETA FELIZ! O que não fazer para curtir o esporte por uma vida



Não importa se você é um triatleta de Ironman ou se está treinando para o seu primeiro "short", é fácil criar maus hábitos nos treinamentos e na maneira de encarar o esporte. Se por um lado o triathlon é um esporte fantástico para corpo e mente, por outro ele pode ser muito perigoso (em termos de mente e vida) se não for encarado da melhor forma. Lembre-se: um triatleta saudável é um triatleta feliz!






1. ESTRESSAR-SE PELOS EQUIPAMENTOS!


Todos sabemos a importância de termos bons equipamentos. Buscar um bom conjunto de acessórios é mais do que justo. O cuidado é para não nos estressarmos com isso. Por mais que tenhamos a melhor bike do momento, por exemplo, é bem possível que em poucos meses lancem um modelo ainda melhor. Foque na melhor máquina de todas: você!


2. MONITORAR TODOS OS TREINOS (SEM EXCEÇÃO)!


Vivemos em uma sociedade na qual tudo é monitorado e publicado. Monitorar nosso desempenho é importante, mas de vez em quando pode ser prazeroso sair pra treinar sem todo este "controle". Uma corrida por um terreno novo ou um passeio de bike sem o compromisso da melhor velocidade média possível (acredite, tem gente que deixa de treinar porque acabou a bateria do Garmin).


3. TER METAS IRREAIS!


Sabemos que a maior parte dos triatletas busca sempre o melhor desempenho e são bem competitivos. Ótimo! Mas cuidado para não definir metas que não sejam reais para o seu atual momento. Forçar o treinamento em busca de metas irreais pode provocar lesões e gerar frustração.


4. TER UMA AGENDA DE TREINOS INFLEXÍVEL!


A vida da maior parte de nós é repleta de imprevistos e casualidades. Precisamos estar preparados para adaptar a nossa agenda e evitar perder treinos. Ter planos "b" de locais e horários de  treino pode fazer a diferença em uma preparação.


5. PERDER EVENTOS IMPORTANTES!


Quando decidimos treinar e melhorar, só nós sabemos o quanto fazemos de tudo para não perder um treino sequer. Mas a verdade é que o Triathlon estará com a gente durante toda a vida. Alguns eventos como aniversários, formaturas ou encontros de amigos antigos merecem uma atenção especial. Equilibrar o esporte e a vida é fundamental para uma existência feliz!


6. PULAR DIAS DE DESCANSO!


Existem momento nos quais nosso corpo está respondendo tudo tão bem que não "sentimos" a necessidade de descansar. O ponto é que o descanso faz parte também de um planejamento de longo prazo. Perder um descanso hoje pode causar estragos daqui alguns meses.


7. NÃO SE DIVERTIR!


No final das contas, triathlon é um esporte mágico e apaixonante. Não se esqueça de fazer amigos nas assessorias e nas competições, de ajudar alguém que precise em uma prova ou treinamento, de curtir viagens para disputar provas (independente dos resultados). Vamos lutar por construir uma cultura de amor e cooperação!


Curtiu este artigo?!

Que tal dar uma forcinha e nos ajudar a espalhar nossas mensagens e nosso projeto?! Precisamos de vocês! Curte, compartilha, mostra para os amigos, critique, elogie, faça parte!

E para ficar cada vez mais próximo do Equilíbrio Urbano, segue a gente nas redes sociais:




 SNAPCHAT: EQUILIBRIOURB
Compartilhar no Google Plus

Sobre Mariana Maria

0 comentários:

Popular Posts

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...