DESCUBRA UM DOS PRINCIPAIS FATORES DE SUCESSO DOS RELACIONAMENTOS FELIZES!



Sabe qual um dos principais fatores de sucesso dos relacionamentos?!

A forma pela qual o casal lida com os seus problemas (sim, porque eles existem aos montes mesmo nos relacionamentos mais lindos do universo).

E um dos pontos mais importantes com relação a forma pela qual um casal lida com seus problemas é a estrutura das DR (discussões de relacionamento).


O mais comum (e grande vilão do relacionamentos) é a discussão ser semelhante a um julgamento judicial. Cada parte apresenta seu relatos sobre os fatos (de maneira tendenciosa) tentando justificar sua inocência e demonstrar a má fé da outra parte. Após isso, acontece uma tentativa de apresentar provas que demonstrem a culpa da outra parte (vez ou outra uma das partes tenta invalidar a prova apresentada dizendo que foi conseguida através de meios ilícitos como mexer no celular escondido e sem autorização). Esta parte é sempre seguida de perguntas provocativas que tentem deixar o outro sem resposta (sim, se o outro ficar sem respostas é sinal claríssimo de culpa).

Enfim, quem apontar o dedo com mais força vence! E o vencer significa ou terminar o relacionamento podendo falar mal ou desfrutar de alguns minutos com a sensação de quem estava certo e pode fazer o outro se rastejar por um tempinho até que tudo volte a ser como era 5 minutos atrás: aparentemente feliz, mas com os mesmos problemas de sempre que não foram resolvidos.

E, então, por que os problemas não foram resolvidos? Por que esta DR, independente de quem a tenha "vencido", não fortaleceu o casal, mas, ao contrário, está os levando cada vez para mais perto do final?!

Porque o foco foi nas pessoas e não no problema. O foco foi em quem teve mais culpa.

A primeira chave do sucesso na comunicação é excluir o conceito de culpa.

Gastar horas tentando provar quem tem mais culpa apenas fará com que o casal se desgaste. O conceito de culpa é muito carregado de uma energia pesada de alguém que quer prejudicar o outro. E a verdade é que na maior parte das vezes não existiu essa intenção de se "fazer o mal". Experimente trocar esta abordagem por "contribuições": é MUITO provável que cada parte tenha contribuído de alguma forma para a situação atual (mesmo a parte que está "certa" na discussão).

Quando você tira o foco das pessoas e para de procurar os culpados, você passa a ser capaz de analisar quais foram as contribuições reais de cada um e os motivos pelos quais essas contribuições aconteceram.

Mais do que isso, ao invés de tentar derrubar a "casa", você fica apto a identificar o que pode ser melhorado e qual a melhor forma de deixar a "casa" ainda mais forte.


E, no final do dia, qual o seu maior interesse: provar quem está mais errado ou construir um relacionamento incrível?! Apenas lembre-se: relacionamentos incríveis existem; relacionamentos perfeitos não.

 Curtiu este artigo?!

Que tal dar uma forcinha e nos ajudar a espalhar nossas mensagens e nosso projeto?! Precisamos de vocês! Curte, compartilha, mostra para os amigos, critique, elogie, faça parte!

E para ficar cada vez mais próximo do Equilíbrio Urbano, segue a gente nas redes sociais:



 SNAPCHAT: EQUILIBRIOURB
Compartilhar no Google Plus

Sobre Unknown

0 comentários:

Popular Posts

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...