MINDSET OLÍMPICO: O QUE PODEMOS APRENDER COM OS PRINCIPAIS ATLETAS DO MUNDO SOBRE A IMPORTANCIA DA MENTE PARA ALTA PERFORMANCE!



Assistindo grande parte dos jogos olímpicos do Rio, algo nos chamou muito a atenção: nem sempre o atleta ou a equipe melhor preparada física e tecnicamente levou o ouro. Na verdade, existe um outro fator que no momento da competição determinava muito do que iria acontecer e de quem iria vencer: o mindset dos atletas.

Mindset, de forma bem resumida, é a forma pela qual a sua mente interpreta tudo o que lhe acontece. Jogar com o estádio gritando o seu nome é bom ou ruim?! Jogar contra um time mais fraco é bom ou ruim?! Enfrentar o favorito é bom ou ruim?! Todas as respostas são as mesmas: depende de como a sua mente interpreta estes fatos.

Talvez o exemplo mais emblemático tenha sido na disputa do salto com vara masculina. O estádio lotado gritando o nome do Tiago Bráz somado à falta de pressão por uma medalha foram interpretados pelo atleta como impulsionadores. Ele fez a sua melhor marca. Mais do que isso. Mesmo não conseguindo saltar 5,98, ele pediu para aumentar a marca para 6,03. O "fracasso" em uma tentativa não significou uma crença de que ele não era capaz. Ao contrário, ele permaneceu confiante de que poderia ir além.



Mas se ele nunca tinha feito tal marca em nenhuma outra competição, o que poderia ter dado essa força a ele?! A mente do Tiago foi poderosa. Ele não se limitou através de crenças. Ele usou toda a energia do estádio para deixá-lo em um estado poderoso.



O inverso aconteceu com o francês detentor do recorde mundial de 6,16. Saltar sobre 6,03 é algo "simples" para ele. Ele sabidamente poderia saltar muito mais. Só que a sua mente permitiu que os fatores externos, como as vaias, criassem um bloqueio para o seu dispêndio de potencial. Na verdade, quem acompanhou a prova viu que ele parecia tenso muito antes de tentar saltar o 6,03. Alguma coisa naquele dia fez com que a mente dele não estivesse no "ponto ideal" para permitir que o corpo fizesse aquilo que ele já fizera tantas outras vezes (saltar mais de 6,03).

O QUE PODEMOS APRENDER COM ESTA EXPERIÊNCIA:

Quando estamos bem preparados, o nosso desempenho em momentos importantes pode ser muito superior ao esperado. Mas também pode ser inferior. Preparar o nosso mindset para fazer o melhor uso possível dos fatores externos é uma obrigação tão importante quanto nos preparar tecnicamente. A nossa mente tem um papel chave nos momentos de decisão.




No handebol masculino houve um exemplo muito bom da importância do mindset. A seleção brasileira que nunca havia passado da primeira fase, venceu as fortes Alemanha e Polônia. Atuais campeã europeia e terceiro lugar europeu. Se realmente ainda há uma grande diferença técnica e até física entre estas equipes, esta diferença foi superada por uma mente forte e concentrada. Após estas incríveis façanhas, a seleção brasileira sofreu para empatar com o Egito e perdeu da Suécia, que apesar de tradicional ainda não havia vencido nenhuma partida na competição e terminou em último do seu grupo.

Se a seleção brasileira tecnicamente é capaz de se impor contra a forte Alemanha e mesmo jogar de igual pra igual com a poderosíssima França (como fez nas quartas de final), o que justifica os desempenhos ruins contra Egito e Suécia?

Mais uma vez, a forma pela qual a mente interpreta os fatos. Jogar contra um time mais fraco após vencer um mais forte é sempre perigoso porque a mente passa uma mensagem para o corpo de que o dispêndio de potencial pode ser menor. Mas não pode. Ninguém entrou no jogo querendo se poupar ou achando que seria uma vitória fácil. Mas o nível de concentração foi naturalmente menor. Duvido que o Brasil perdesse para o Egito se este fosse o primeiro jogo do campeonato, por exemplo. Simplesmente porque o nível de concentração seria outro.



É por isso que a preparação física e técnica é fundamental, mas não é suficiente. Uma preparação campeã tem que antever estas situações. É quase sempre possível prever situações nas quais o mindset pode influenciar negativamente nos desempenhos. E com um trabalho adequado - e de certa forma até simples - é possível manter os níveis de concentração e de dispêndio de potencial máximos!

Ps. Longe de ser uma crítica a esta seleção. Na nossa opinião, a seleção masculina de handebol foi a que mais evoluiu nos esportes em equipe e a que mais nos deu orgulho.

O QUE PODEMOS APRENDER A PARTIR DESTA EXPERIÊNCIA:

O nosso nível de concentração é fundamental para extrairmos o melhor do nosso desempenho. É possível antever algumas situações nas quais este nível de concentração pode ser menor, o que demanda um preparo prévio de mindset. Quando devidamente concentrados e focados, podemos enfrentar os maiores desafios do mundo de peito aberto e alcançar resultados excepcionais na vida.

Usain Bolt



Você prestou atenção nas entrevistas do Bolt?! Reparou no grau de confiança que ele demonstra em todas as suas aparições?! O grau de confiança é tão alto que se ele fosse menos carismático poderia ser interpretado como arrogância. Mas vamos a uma verdade: ele não poderia ser o fenômeno que é se não tivesse este grau de confiança. Ele poderia ter o mesmo corpo, a mesma técnica, o mesmo treinamento. Se ele não tivesse essa mesma confiança, talvez ele não fosse o primeiro tricampeão olímpico dos 100 e dos 200m rasos.

Ele nunca teve "um dia ruim". Ele nunca "acordou não tão bem" no dia da prova. Isto é fruto de um preparo mental. Isto é um trabalho de mindset que faz com que ele sempre se coloque em seu melhor "estado". E a confiança em seu próprio desempenho se materializa através de crenças fortalecedoras que fazem com que ele faça uso do máximo do seu potencial, sempre! Um pouco a menos e talvez ele não ficasse em primeiro nos 100m. Uma pequena dúvida na sua mente no momento da largada poderia representar alguns décimos a mais. Mas esta dúvida nunca veio. Porque ele é, de fato, um fenômeno: técnica, física e mentalmente.


O QUE PODEMOS APRENDER A PARTIR DESTA EXPERIÊNCIA:




Todos nós possuímos crenças limitantes e crenças fortalecedores. É nossa obrigação trabalhar a nossa mente para eliminar as limitantes e dar cada vez mais espaço para as fortalecedoras. Confiar em nós mesmos e nos resultados que podemos atingir é fundamental para que possamos extrair o máximo de potencial da nossa vida e atingir performances impressionantes. Não tenha vergonha de reconhecer os seus pontos positivos e de confiar que você pode alcançar qualquer resultado ao qual você se prepare para conquistar

Ainda, grandes campeões não têm essa de "não acordei em um dia bom". É possível colocar-se naturalmente em estados de alta vibração e alta performance, com o máximo do seu potencial. Estamos escrevendo um livro sobre isso!

Nosso mindset tem um papel extremamente relevante para a nossa performance e para a nossa felicidade. Começar a ter consciência disso vai lhe permitir alcançar resultados que você nunca imaginou.


Vamos juntos!


Curtiu este artigo?!

Que tal dar uma forcinha e nos ajudar a espalhar nossas mensagens e nosso projeto?! Precisamos de vocês! Curte, compartilha, mostra para os amigos, critique, elogie, faça parte!

E para ficar cada vez mais próximo do Equilíbrio Urbano, segue a gente nas redes sociais:



 SNAPCHAT: EQUILIBRIOURB
Compartilhar no Google Plus

Sobre Unknown

0 comentários:

Popular Posts

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...